Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

TerçOLHO

Este é um espaço dedicado às imagens e às tensões textuais. O resto é pura neurastenia.

TerçOLHO

Este é um espaço dedicado às imagens e às tensões textuais. O resto é pura neurastenia.

27
Jan10

Por trás da imobilidade das mãos das crianças violadas

João Madureira

 

O perdão não existe. Por trás da imobilidade das mãos das crianças violadas a beleza fermenta e celebra cadências onde figuras arrefecidas sopram manhãs vestidas de frio por cima das cabeças geométricas dos meninos pobres onde a luz bate e é esse o espírito de deus que responde abrasando jactos de imperfeição onde estrelas embriagadas continuam a soprar num vazio brando do tamanho de buracos negros. O perdão não existe. O deus louco das palavras inunda-me o cérebro de estupor. O perdão não existe. Os monstros não podem pedir perdão. O perdão não existe. As crianças imóveis choram trajando o frio violento da indiferença. O perdão não existe. Toda a noite as crianças rompem o silêncio da morte onde vozes celebram a assustadora fosforescência dos olhos exaltados. O perdão não existe. Tudo se espalha numa brancura explosiva. O perdão não existe. Uma vagarosa manhã de água inunda o rosto do mundo. O perdão não existe. A beleza gasta das mulheres despidas espanta os mortos. O perdão não existe. O prestígio das catástrofes compensa e engrandece. O perdão não existe. Os homens poderosos acordam a peste magnética das florestas atravessadas pelo inferno. O perdão não existe. Dentro das cidades os santos empobrecidos pela fé anémica dos fiéis dormem encostados às portas das igrejas. O perdão não existe. O hálito podre dos violadores expele a morte lenta do desejo. O perdão não existe. As mães mortas martelam a carne das roseiras bravas. O perdão não existe. Alguém corta a carne dos pensamentos destruídos dos abusados. O perdão não existe. Os pedófilos infelizes estendem a morte por cima das mães estranguladas de dor e ódio. E os seus filhos gemem debaixo do horror da violentação. O perdão não pode existir.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

blog-logo

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

A Li(n)gar